Doenças do inverno

O inverno chegou, e nessa época é comum a proliferação de doenças respiratórias transmissíveis, como resfriados e gripes, além do agravamento de outras doenças como rinite, sinusite, pneumonia, asma e meningite.

As doenças respiratórias neste período são comuns pois a temperatura fica mais baixa e o ar mais seco, favorecendo a circulação de vírus e bactérias, que se espalham com mais facilidade pelo hábito que temos de ficar em ambientes fechados a fim de esquentar o corpo.

Abaixo abordaremos algumas doenças comuns no inverno:

Gripe: A gripe é uma doença causada pelo vírus influenza. Sua transmissão ocorre de pessoa para pessoa através de partículas infectadas eliminadas pela tosse ou espirro, como pela contaminação de superfícies por via respiratória. A doença é altamente contagiosa, e infecta o trato respiratório (nariz, garganta, pulmões e ouvidos), causando febre, calafrios, dores musculares, prostração e congestão nasal. O tratamento consiste no uso de analgésicos e antitérmicos, para curar as dores e controlar a febre.

Rinite Alérgica: A rinite é uma reação exagerada do nosso corpo a substâncias que ele considera como nociva. Dessa forma, a obstrução nasal, coriza e espirros são formas de proteção do nosso organismo criadas para impedir que os vírus alcancem os pulmões através do ar. Poeira, pólen, alimentos, ácaros e produtos de limpeza são alérgenos, ou seja, fatores desencadeantes para uma crise de alergia. O tratamento para essa doença consiste em higiene ambiental, uso de medicamentos e vacinas antialérgicas.

Sinusite: A sinusite é a inflamação da mucosa dos seios da face. A doença é causada por infecções virais, como gripes e resfriados, e por alergias, e uma pequena parte é causada por bactérias. A infecção tem como sintomas: dor na região da face, secreção nasal e dor de cabeça. Seu tratamento consiste no uso de anti-histamínicos, anti-inflamatórios, descongestionantes e lavagem nasal com solução salina ou ainda uso de antibióticos para casos graves.

Pneumonia: são infecções que se instalam nos pulmões, podendo ser causada por bactérias, vírus ou fungos. Os sintomas da doença são: tosse com catarro amarelo ou esverdeado, febre de cerca de 38ºC ou mais e calafrios, e, se o quadro do paciente for grave, ele pode sentir falta de ar, dificuldade para respirar e respiração ofegante. O tratamento consiste no uso de antibiótico ou internação hospitalar em casos graves.

Asma: é uma doença pulmonar que traz como sintomas: dificuldade para respirar, chiado e aperto no peito, respiração curta e rápida. O problema é desencadeado a partir da exposição à poeira, ácaros e fungos, como também pode surgir a partir de variações climáticas, infecções virais ou fator genético. A doença é tratada com medicação e controle dos fatores que disparam a crise.

Meningite: A meningite é uma doença caracterizada pela inflamação das meninges, membranas que envolvem o encéfalo (parte do cérebro). A doença pode ser viral, fúngica ou bacteriana e apresenta os seguintes sintomas: ausência de apetite, sono excessivo, náuseas e vômitos, sensação de pescoço rígido, febre, dor de cabeça, rigidez na nuca, sensibilidade á luz, raciocínio confuso, manchas vermelhas e rachaduras na pele. A infecção pode desencadear inúmeras sequelas relacionadas à capacidade física, intelectual e psicológica, portanto o tratamento deve ser feito com urgência, impedindo a sua evolução.

  • Doenças do inverno

  • Você sofre com Apneia Obstrutiva do Sono?

  • Dor de garganta: um alerta de que algo está errado!

  • Quem coloca Implante Coclear, volta a ouvir normalmente?

  • Atenção ao Ronco do Seu Filho